O segundo destróier da classe Zumwalt, USS Michael Monsoor (DDG-1001), foi adotado em serviço da Marinha dos EUA neste sábado (26), segundo um comunicado das forças navais.
 AP Photo / Robert F. Bukaty
A cerimônia foi realizada em San Diego, no estado da Califórnia. A tripulação será composta por 148 oficiais e marinheiros.
"O USS Michael Monsoor é um dos meios de combate mais capazes que a nossa nação pode oferecer. Este navio proporcionará uma presença e dissuasão avançada independente para as próximas décadas e estou confiante que a tripulação operará este navio com o nível de conhecimentos, coragem e força necessários para superar qualquer desafio", declarou o secretário da Marinha dos EUA, Richard Spencer.
O primeiro destróier da classe Zumwalt foi lançado à água em outubro de 2013.
Esse navio de guerra polivalente se destina tanto a confrontar forças terrestres do inimigo, como a fornecer apoio de fogo a partir do mar e a combater a aviação. Devido à ampla automatização, a tripulação terá apenas cerca de 140 efetivos, muito menos que os navios anteriores de classes semelhantes.
O custo do primeiro destróier foi de USD$ 4,4 bilhões (R$ 16,5 bilhões). Devido aos grandes gastos, o programa de construção foi reduzido de 32 a três navios.

Fonte: sputniknews

Bottom Ad [Post Page]