O Governo do Estado, por meio do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), em parceria com a Universidade Federal de Lavras de Minas Gerais (UFLA-MG), dará continuidade ao processo de informatização do sistema de licenciamento ambiental, por meio da integração de módulos de fiscalização e monitoramento.
De acordo com o presidente do Ipaam, Juliano Valente, esse processo de informatização será totalmente integrado a outras plataformas ou sistemas existentes nas esferas federal e estadual. “Este avanço na informatização visa à desburocratização dos serviços prestados pela autarquia, além de ampliar o atendimento a todo o estado”, completou o presidente.
Foto: Ricardo Oliveira
Os representantes da UFLA-MG vão chegar à capital amazonense no próximo dia 21 de fevereiro, quando darão prosseguimento ao processo de informatização do sistema do Ipaam. “Estamos seguindo a orientação do governador, Wilson Lima, que é de modernizar ao máximo os processos, reduzindo bastante o tempo de espera”, destacou o presidente.
O diretor-técnico do Ipaam, Sheron Vitorino, informou que, além da continuidade do processo de informatização do sistema de licenciamento ambiental, nos próximos 90 dias serão realizadas as entregas do módulo de Carteira de Pesca e a customização do Sistema de Gestão de Recursos Hídricos (SIGERH).
“Nossa meta é informatizar todos os serviços oferecidos pelo Ipaam no decorrer de 2019, de modo que a gestão ambiental ocorra de maneira dinâmica, transparente e, principalmente, técnica”, afirma Sheron Vitorino.
Atualização – Desde 2017, o Ipaam vem trabalhando para dar agilidade aos processos de licenciamento ambiental. E o processo de informatização do sistema de licenciamento vai contribuir também para o aumento da receita do estado e geração de emprego e renda. Já no próximo dia 22 serão entregues o Sistema Carteira de Pesca, o Sistema SISFAP e o Sistema de Outorgas.

Bottom Ad [Post Page]