Recents in Beach

header ads

SEC promove reunião com secretários municipais para potencializar ações culturais no interior

Os secretários saíram da reunião com duas ações pré-definidas: a criação de uma agenda para encontros periódicos e a realização de ações para qualificação, como oficinas de elaboração de projetos culturais e captação de recursos.

Secretários de cultura do Estado e dos municípios deram início, em reunião nesta quarta-feira (23/01), às tratativas que visam potencializar as ações do setor, no interior do Amazonas. A reunião foi promovida pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC). Dessa primeira fase de discussões, participaram 39 secretários de cultura de municípios do interior. 

FOTO: DIVULGAÇÃO/SEC
O secretário estadual de Cultura, Marcos Apolo Muniz, abriu a reunião, que aconteceu no Centro Cultural Palácio da Justiça, ressaltando a importância de ouvir as demandas para traçar um panorama das atividades a serem desenvolvidas em cada município.

“Esse não é um diálogo para a interiorização da cultura, porque entendo que esse termo quer dizer que vamos levar uma determinada manifestação à localidade e não é isso. Estamos falando de potencialização do interior”, ressaltou o secretário, explicando que este é o entendimento do novo governo, na gestão Wilson Lima. “Temos consciência das diversas manifestações e riquezas dos nossos municípios e pretendemos colaborar com nossas expertises para potencializar as ações e o seu alcance”.

Participaram da reunião os secretários municipais de Cultura de Coari, Beruri, Jutaí, Uarini, Lábrea, Boca do Acre, Careiro da Várzea, Amaturá, Anamã, Carauari, Fonte Boa, Boa Vista do Ramos, São Gabriel da Cachoeira, Manacapuru, Apuí, Itacoatiara, Pauini, Humaitá, Parintins, Manicoré, São Paulo de Olivença, Tabatinga, Barreirinha, Urucará, Santa Izabel do Rio Negro, Tonantins, Nova Olinda do Norte, Itamarati, Manaquiri, Caapiranga, Codajás, Maraã, Santo Antônio do Içá, Juruá, Tapauá, Anori, Nhamundá, Autazes e Maués.

Temas - Entre os principais pontos discutidos estão a possibilidade de levar unidades do Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro para mais municípios(existe, atualmente, uma em Parintins); a implantação do Conselho, Plano e Fundo Estadual de Cultura; criação da Lei Estadual de Incentivo à Cultura; e a promoção de ações que beneficiem variadas manifestações culturais de cada cidade.

Cleutemberg Pantoja, secretário de Cultura de Itacoatiara, falou sobre a importância de ter um núcleo de formação no município. “Somos a cidade-canção, precisamos do Liceu para construir a nossa base de formação. Já até temos 14 salas destinadas para isso”, disse. “Temos áreas rurais muito grandes, que podem ser beneficiadas também”.

O secretário Marcos Apolo adiantou que há interesse da SEC na expansão do Liceu. “Este é o ano do centenário de Claudio Santoro e queremos dar uma dimensão maior ao Liceu”, afirmou, avisando que todo o planejamento da pasta com esse foco será apresentado ao governador Wilson Lima.

A secretária municipal de Cultura e Turismo de Maués, Ellen Mendonça, destacou a necessidade de dar andamento às ações de políticas públicas mais específicas. “Precisamos criar um fórum dos secretários, reativar a Frente Parlamentar Pró-Cultura e unir esforços para a criação da Lei Estadual de Incentivo à Cultura e do Fundo Estadual de Cultura”, pontuou.

O titular da SEC informou que essas questões também estão entre as prioridades da pasta. “O Fundo Estadual de Cultura é nossa prioridade, porque estamos perdendo recursos por não tê-lo. Já conversei com alguns deputados, mas isso também depende da articulação da classe”.

Os secretários saíram da reunião com duas ações pré-definidas: a criação de uma agenda para encontros periódicos e a realização de ações para qualificação, como oficinas de elaboração de projetos culturais e captação de recursos.